Notícias

12.12.2012
Sindicato denuncia agressão sofrida por atendente comercial

 

Servidores  foram agredidos um com uma cadeira atirada por um consumidor insatisfeito e, a funcionária foi ferida por uma vazo atirado por uma consumidora descontrolada. O STIUPB realizou mobilização por segurança.

Os servidores da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) organizados pelo STIUPB realizaram protesto contra a  falta se segurança no ambiente de trabalho. Com a paralisação, todo o serviço comercial, como verificação de dívidas e pagamentos, foram  suspensos em Campina Grande.

A principal motivação para a paralisação foi à agressão sofrida por dois funcionários, quando consumidores insatisfeitos com os serviços da empresa utilizou uma cadeira para agredir o servidor e um jarro para ferir uma servidora.

Os funcionários reivindicaram melhores condições de trabalho para garantir a integridade física dos trabalhadores. Eles querem a contratação imediata de dois seguranças, para atuarem um no setor de triagem e outro nos guichês de atendimentos.

A agressão ocorreu no Atendimento Comercial da Cagepa, localizado no Centro de Campina Grande. De acordo com Wilton Maia, presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba (Stiup), alguns trabalhadores vêm sendo desrespeitados por clientes que utilizam os serviços da Cagepa e, com isso, há a necessidade de melhorias na segurança da instituição. Apenas este ano foram notificados 40 casos de agressões, tanto físicas como verbais.

A assessoria de imprensa da Cagepa informou que não considera a ocorrência uma agressão, mas que a empresa vai melhor à segurança no setor do atendimento.

 

 

Outras notícias