Notícias

08.07.2013
STIUPB convoca CAGEPIANOS e informa os serviços que serão atingidos pela GREVE.

Os serviços comerciais e operacionais da Companhia de Águas e Esgotos da Paraíba - CAGEPA estarão suspensos durante a GREVE da categoria que começa na próxima quarta-feira dia 10/07.

 

Quais os serviços que serão atingidos pelo movimento?

As atividades de leitura, corte, ligação, instalação e substituição de hidrômetros, retiradas de pequenos vazamentos, desobstrução de esgotos e manutenção, bem como os serviços de bombeamento serão abrangidos pela GREVE que será por tempo indeterminado, contudo, garantiremos o que a cumprindo o que determina a Lei nº 7.783, de 28 de junho de 1989, ou seja, 30% dos trabalhadores irão manter o sistema, sobretudo, consertos e retiradas de grande vazamentos.

 

Quais são nossas bandeiras de luta ?

A categoria tem suas pautas de reivindicações, sendo uma política e outra salarial. Entre as principais reivindicações políticas está a demissão imediata dos comissionados, e a campanha contra Parceria Publica Privado - PPP no setor de saneamento, bem como, o fim das terceirizações das atividades fins e o do sucateamento da Companhia, sobretudo, defendemos uma CAGEPA capaz de prestar um serviço publico de qualidade ao povo paraibano. Ressaltando que a companhia é autossuficiente e sustentável economicamente, basta ver o balanço financeiro de 2010 onde a CAGEPA apresentou um déficit financeiro de mais de 51 milhões de reais, onde em 2012 a empresa conseguiu ter lucro de 703 mil reais, ou seja, uma recuperação financeira de mais de 52 milhões de reais em menos de dois anos, portanto, a CAGEPA é lucrativa e pode prestar um bom serviço ao povo da Paraíba, para isso, é necessário melhorar a gestão e, sobretudo, melhorar o nível de profissionalização e modernização de nossa Companhia, diante disso se faz necessário acabar com a servidão partidária da CAGEPA.

Coma anda nossa Campanha Salarial ?

Lembrando que nossa data base é 1º de maio, e desde ABRIL encaminhamos a proposta dos trabalhadores para apreciação da Diretoria da CAGEPA, que até o dia 28/06 não data tinha apresentado qualquer proposta senão apenas o pedido de um tempo de aproximadamente 40 dias para apresentar uma proposta real, contudo, durante a mesa redonda ocorrida no dia 03/07 , onde mantivemos nossa proposta que é de 9% de reajuste e recomposição salarial, além de 17,93% de reajuste nos ticket alimentação, tudo com o retroativo a 1º de maio, também reivindicamos o cancelamento do reajuste de 6,35% no plano de saúde e que foi repassado para os trabalhadores e trabalhadoras, a Diretoria da CAGEPA por outro lado a Diretoria da CAGEPA apresentou a seguinte proposta:

Reajuste salarial de 5% dividido em cinco parcelas de 1% ao mês e, 5% de reajuste nos ticket alimentação dividido em duas parcelas de 2,5% e sem retroativo, proposta essa que foi imediatamente reprovada por nosso sindicato, diante disso, a Diretoria da companhia, solicitou mais uma mesa redonda para o dia 12/07 às 10h00min horas na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego em João Pessoa.

Assim sendo, exigimos que a Diretoria da CAGEPA respeite nossa data-base e a garanta nosso direito à reposição do poder aquisitivo pela inflação que está previsto no Artigo 37 da Constituição Federal, portanto, dos mais 3.100 trabalhadores cagepianos, esperamos o apoio total da categoria ao movimento grevista que iniciará no dia 10/07, ou seja, quarta-feira.

 

Outras notícias