Notícias

26.02.2014
Demissões da Energisa: STIUPB irá recorrer ao TST, em Brasília, da decisão do TRT-PB

exibirProcesso_dos_demitidos_energisa.pdf

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba (STIUPB) vai recorrer ao Tribunal Superior do Trabalho (TST), em Brasília, da decisão do Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba (TRT-PB) que foi desfavorável a cerca de 80 trabalhadores da Energisa. Na semana passada, o TRT-PB julgou improcedente o pedido de recontratação dos trabalhadores da Energisa, que foram demitidos no decorrer da Campanha Salarial de 2012.

No entendimento do desembargador do TRT-PB, Ubiratan Moreira Delgado, que julgou o caso, no último dia 20 de fevereiro, a demissão dos trabalhadores não se configura “demissão em massa” devido ao grande número de funcionários que a empresa tem.

O corpo jurídico do STIUPB discorda da decisão do Tribunal Regional do Trabalho, e irá recorrer ao TST com base na Organização Internacional do Trabalho (OIT) que afirma que a partir de “10 demissões” já se configura como “demissão em massa”.

Os trabalhadores da Energisa que ainda não tiveram suas rescisões homologadas e que desejam recebê-las, entrar em contato com o STIUPB pelo telefone: (83) 3341-1140.

 

Outras notícias