Notícias

09.07.2014
Stiupb cumprirá, integralmente, liminar do TRT e a partir desta quarta-feira (9) garantirá apenas 50% da manutenção dos serviços essenciais da Cagepa

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba (Stiupb) e os trabalhadores da Cagepa, que estão em greve desde o dia 16 de junho no Estado, estão garantindo 100% da manutenção dos serviços essenciais. Contudo, após a ameaça de multa da justiça, o sindicato cumprirá, a partir desta quarta-feira (9), integralmente o que determina a liminar do Tribunal Regional do Trabalho- 13° Região, ou seja, garantia de apenas 50% da manutenção dos serviços essenciais.

“Entendemos que o tribunal foi induzido a cometer um erro, visto que apenas 50% dos serviços essenciais não atenderão as necessidades da população, com isso compreendemos que o cumprimento da liminar trará grandes prejuízos e transtornos aos consumidores. Infelizmente, somos obrigados a cumprir o que determina a justiça”, afirmou Wilton Maia Velez, presidente do Stiupb.

A diretoria da Cagepa se nega a oferecer um reajuste digno a categoria, que nos últimos anos vem sofrendo com reajustes abaixo da inflação e perdas salariais em relação ao salário mínimo.

A empresa só ofereceu até o momento um reajuste de 6,54%, percentual esse que está muito aquém das necessidades da classe trabalhadora. A categoria reivindica um reajuste de 15% e aumento de 27% no ticket alimentação e melhores condições de trabalho.

Nos últimos anos, os trabalhadores da Cagepa vem sofrendo com condições sub-humanas de trabalho. “Os funcionários da empresa não aguentam mais trabalhar com equipamentos e veículos sucateados e em instalações que não oferecem as mínimas condições de trabalho. Nossa luta não é só por salário, é por melhores condições de trabalho também”, afirmou Wilton Maia.

Confira a liminar abaixo

 

Outras notícias