Notícias

18.07.2014
Após Stiupb denunciar a precariedade das instalações da Energisa em Sousa, empresa afirma em audiência no MPT que fez reparos

Após a denúncia realizada pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba (Stiupb), no último mês de maio, sobre a precariedade física da agência da Energisa da cidade de Sousa, no Sertão do Estado, a empresa garantiu em audiência no Ministério Público do Trabalho (MPT) que fez reparos nas instalações da agência.

A audiência ocorreu, na manhã da última quinta-feira (17), no MPT da cidade de Patos e contou com a participação de representantes da empresa e do sindicato. Na audiência, a advogada da empresa afirmou que “ foram realizados reparos nos locais indicados pelo sindicato, apenas a construção da guarita está em fase de acabamento e deverá ficar pronta no prazo máximo de 10 dias”.

Com isso, o MPT estabeleceu que o Stiupb realizará uma visita técnica no próximo dia 04 de agosto à sede da Energisa, localizada na cidade de Sousa, com a finalidade de verificar a correção das irregularidades apontadas na denúncia. Depois da visita, o Stiupb terá um prazo de 10 dias para informar ao MPT se as correções foram feitas ou não.

RELEMBRE A DENÚNCIA

Na denúncia realizada em maio ao MPT, o sindicato verificou que a sede da Energisa em Sousa apresentava os seguintes problemas: existência de fios desencapados, risco de desabamento da estrutura metálica do estacionamento, ar-condicionado em estado precário instalado na sala dos eletricistas, além das más condições da estrutura física do pavimento inferior e superior do prédio.

Outros problemas constatados pelo Sindicato dos Urbanitários foram: o armazenamento de sucata em local inapropriado, a ausência de uma guarita adequada  para os vigilantes  e a falta de limpeza do ambiente, ocasionando assim o aparecimento de animais peçonhentos.

 

Outras notícias