Notícias

22.07.2014
Trabalhadores da PBGÁS rejeitam proposta de ACT 2014/2016 e deliberam por paralisação de advertência

Os trabalhadores e trabalhadoras da Companhia Paraibana de Gás (PBGÁS) rejeitaram, em assembleia realizada na tarde da última segunda-feira (21),  a proposta de Acordo Coletivo de Trabalho(ACT) 2014/2016 apresentada pela direção da empresa.

Com a rejeição da proposta, a categoria deliberou por paralisação de advertência para os dias: 30 de julho; 07, 08, 12, 13 e 14 de agosto. A assembleia ocorreu no anexo da empresa, localizado na Avenida Epitácio Pessoa em João Pessoa.

Segundo o secretário geral do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba (STIUPB), Guilherme Mateus, a principal reivindicação da categoria é por melhorias nas relações de trabalho. “Os trabalhadores até aceitam o reajuste salarial proposto, mas reivindicam que a empresa abra um canal de diálogo para discutir as relações de trabalho”, comentou.

 

Outras notícias