Notícias

26.04.2016
28 de abril - Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes de Trabalho

 

 

 

O dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes de Trabalho,  surgiu no Canadá por iniciativa do movimento sindical, e logo se espalhou por diversos países, organizado por sindicatos, federações, confederações locais e internacionais.

A data foi escolhida em razão de um acidente que matou 78 trabalhadores em uma mina no estado da Virgínia, nos Estados Unidos no ano de 1969. A OIT, desde 2003, consagra a data à reflexão sobre a segurança e saúde do trabalhador.

Desde maio de 2005, o dia 28 foi instituído no Brasil por meio da Lei nº 11.121.

A cada ano milhões de trabalhadores se acidentam em todo o mundo e outras centenas de milhares morrem no exercício do trabalho.

Segundo estimativas da OIT, ocorrem anualmente no mundo, cerca de 270 milhões de acidentes de trabalho, além de aproximadamente 160 milhões de casos de doenças ocupacionais. Essas ocorrências chegam a comprometer 4% do PIB mundial. Cada acidente ou doença representa, em média, a perda de quatro dias de trabalho. Dos trabalhadores mortos, 22 mil são crianças, vítimas do trabalho infantil. Ainda segundo a OIT, todos os dias morrem, em média, cinco mil trabalhadores devido a acidentes ou doenças relacionadas ao trabalho.

Na Paraíba

Cerca de 27 mil trabalhadores paraibanos foram afastados das suas funções, somente em 2015, por conta de doenças e acidentes de trabalho. Os números são do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e mostram uma média de 74 afastados por dia em todo o Estado, resultando em gastos de R$ 280 milhões aos cofres públicos.

Segundo a procuradora do Trabalho, Myllena Alencar, apenas em 2015, a Procuradoria Regional do Trabalho na Paraíba recebeu 514 denúncias relacionadas a irregularidades na área da saúde e segurança do trabalhador.

Ao todo, segundo o MPT-PB, em 2015 2.662 notícias de fato e denúncias em geral. A maioria, 71,6%, foi sobre irregularidades gerais do dia-a-dia entre empregadores e trabalhadores. Em segundo lugar, com 19,3% das notificações, estão as queixas relacionadas ao meio ambiente do trabalho, como falta de equipamentos de proteção individual.

Em Campina Grande, ocorrerá uma caminhada alusiva a data, com concentração na Praça do Trabalho, no bairro São José, a partir das 07 horas. A atividade pretende percorrer  as principais ruas do centro da cidade, e encerrar na praça Clementino Procópio com apresentações de música e teatro.

Confira a programação:

(clique para ampliar)


 

Outras notícias