Notícias

06.04.2018
Eletricitários marcam mobilização nacional para 16 de abril

Em resposta à postura vergonhosa e autoritária da direção da Eletrobras durante a última rodada de negociação do ACT – Acordo Coletivo de Trabalho, no último dia 4, a categoria dos eletricitários vai reagir com paralisação no próximo dia 16 de abril, com o Dia de Nacional de Luta, especialmente contra a privatização do setor elétrico.

O dia 16 de abril também foi definido em função do Encontro Nacional dos Operadores do Sistema (Enop), que acontece no próximo dia 11, em Brasília. Também para que não prejudique as articulações que vêm sendo feitas nas comissões da Câmara dos Deputados contra a o processo de privatização da Eletrobras.

“Precisamos estar mobilizados e manter a unidade na categoria eletricitária em todo o País. Afinal, a luta contra todos esses retrocessos é nossa. Para isso temos que nos manter firmes no caminho da vitória”, defende o dirigente sindical do STIU-DF, Flávio Henrique Figueiroa.

2ª Rodada de Negociação para o ACT 2018

Representantes de entidades sindicais em todo o País que compõem o Coletivo Nacional dos Eletricitários (CNE), que integra a FNU, participaram em 4 de abril da 2ª Rodada de Negociação para o ACT 2018. O encontro ocorreu em Brasília.

Novamente, a direção da Eletrobras não apresentou nenhuma proposta, em total desrespeito às trabalhadoras e trabalhadores que vieram de vários estados para acompanhar a negociação.

Os mensageiros da Eletrobras escalados para negociar o ACT disseram que nenhuma reivindicação da categoria referente às cláusulas novas foi aceita. Além disso, deixaram evidente que pretendem “analisar” o ACT atual, com o intuito de retirar direitos e benefícios históricos das trabalhadoras e trabalhadores. Eles propuseram que a 3ª Rodada de Negociação aconteça no dia 3 de maio, oportunidade em que ficaram de apresentar o índice de reajuste salarial e os índices econômicos da PLR 2017.

O CNE contestou a data e pediu que a 3ª Rodada aconteça no próximo dia 24. Os mensageiros da Eletrobras disseram que vão levar a proposta à direção da empresa e devem apresentar uma resposta até esta sexta-feira (6/4). (com informações: Stiu-DF)

STIUPB NA LUTA - O presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas na Paraíba (Stiupb), Wilton Maia Velez e o diretor Guimerme Mateus, estiveram em Brasília nesta semana e dentre as diversas atividades que participaram em defesa dos urbanitários, houve uma reunião preparatória para o Acordo Coletivo de Trabalho da Eletrobras.

 

Outras notícias