Notícias

09.05.2018
Stiupb reconhece avanços nas propostas do ACT que foram discutidas com a Cagepa

 

Sindicato insiste em nova rodada para concluir os trabalhos e encaminhar para assembleia votar o texto do novo ACT.

Iniciada pela manhã, e concluída por volta das 14hs desta quarta-feira, 09/05, na sede da CAGEPA em João Pessoa, a quarta rodada de negociação entre o Stiupb e a Comissão de Negociação da empresa, para andamento das negociações referentes ao Acordo Coletivo de Trabalho 2018/2020, foram acordadas diversas cláusulas importantes, como o Descongelamento das promoções por antiguidade, reajuste do Ticket-alimentação para R$ 850,00, concessão de Cesta natalina em R$ 425,00; além de benefícios relacionados à Licença prêmio; Licença paternidade; Auxílio Creche; Auxílio Fundamental I e II; Auxilio Educação; Diminuição de 40% para 30% no Plano de Saúde; Hora Extra na Intrajornada Noturna; Complementação do salário por acostamento; Pagamento de diária quando empregado for realizar exame médico preventivo, Reconhecimento do Acidente de Trajeto como acidente de trabalho; Previdência privada em até 180 dias e a manutenção da Ultratividade.

O presidente do Stiupb, Wilton Maia Velez, informou que a cláusula salarial ainda está em negociação, mas que o Sindicato está lutando para que o reajuste contemple a todos de forma igualitária, num percentual satisfatório e manutenção das clausulas históricas.

No mesmo acordo, o Stiupb está apresentando novas propostas em benefício dos que trabalham na CAGEPA, como a que permite que a rescisão de trabalho possa ser feita com assistência do sindicato, direito retirado na reforma trabalhista, e caso o empregado seja desligado da empresa, possa ter direito a responder a Processo Administrativo.

O Stiupb ainda apresentou como proposta o seguinte: A CAGEPA se compromete a promover a extensão do Programa de Valorização da Vida (PVV) e Programa de Atendimento Psicológico (PAP) a todas às Gerências Regionais que apresentarem demanda.

Outra cláusula importante diz respeito a reaproveitamento do servidor, por conta da modernização, ou descontinuidade do cargo: A CAGEPA poderá reaproveitar o empregado, avaliando a necessidade da empresa, sem prejuízo para nenhuma das partes, observando os cargos da mesma faixa salarial a qual o empregado esteja enquadrado, bem como as devidas comprovações exigidas pelo cargo.

Cláusulas como Reajuste Salarial, Banco de Horas e Jornada de Trabalho 12/36, ainda estão em discussão e serão objeto de nova rodada de negociação, num novo encontro, que será definido posteriormente.

Segue abaixo o texto do ACT discutido entre o Stiupb e a Comissão de Negociação:

Veja aqui a Proposta ACT 2018

 

 

 

Outras notícias