Notícias

10.05.2018
Líder da resistência da ‘Guerra da Água’ na Bolívia estará em CG em encontro do Stiupb

Uma das lideranças da resistência na luta contra a privatização da Companhia de Água e Esgoto na Bolívia, em Cochabamba, o sindicalista boliviano Óscar Oliveira, estará em Campina Grande, neste mês de maio, participando, na condição de expositor, do Encontro dos Trabalhadores em Saneamento Básico da Paraíba – Participação e Mobilização na Gestão das Águas, uma realização do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas na Paraíba (Stiupb).

Conforme Wilton Maia Velez, presidente do Stiupb, o encontro já tem data marcada e vai acontecer de 28 a 30 de Maio, no DayCamp Hotel Fazenda Campina Grande, na estrada que dá acesso ao Distrito de Catolé de Boa Vista.

As inscrições são gratuitas para os associados ao Stiupb, com vagas limitadas e podem ser feita por e-mail: stiupb@gmail.com, somente até o próximo dia 21.

Óscar Oliveira, inclusive, esteve recentemente no Brasil, participando, em Brasília, do Fama 2018. No evento, Oscar Oliveira, de Cochabamba, Bolívia, falou sobre a guerra da água, que há 18 anos aconteceu na Bolívia, quando o povo boliviano reconquistou a água que havia sido privatizada para grandes corporações. “A água antes de tudo é um bem comum. Água antes de tudo é um ser vivo. Água não é um patrimônio sequer dos povos. É um patrimônio da natureza.” “água é um presente da pachamama para todos os seres vivos.” E alertou: “Parem de acreditar nas autoridades. Comecem a acreditar uns nos outros.”

Ainda no Fama, Óscar disse: “Temos que passar da resistência à reexistência. Não apenas viver com a água, mas conviver com a água. No fundo, a luta pela água é luta pelo território, espaço político e social organizativo. A luta pela água é luta democrática, porque é luta por quem terá o poder de decidir. Não esqueçamos que a emancipação dos povos superexplorados será obra deles mesmos. Temos que superar o racismo ambiental.”

Para Wilton Maia, que participou do Fama 2018, juntamente com outro diretor do Stiupb, Guilherme Mateus, a participação de Óscar é oportuna e atual, já que o Brasil está vivendo essa experiência de onda de privatizações, onde o Governo Federal tem apresentado projetos que irão atingir várias estatais: “e ainda temos o agravante das Prefeituras que, da mesma forma, visando o lucro, querem também tirar as Companhias de Àgua das mãos do Estado para entregar à iniciativa privada. É o caso da Prefeitura de Campina Grande, que apresentou Projeto de Parceria Público-Privado, que só saiu da pauta da Câmara de Vereadores por conta da pressão das massas”, destacou o dirigente sindical.

A expectativa do Stiupb é que as pessoas participem do encontro, não só para acumular conhecimento, mas para desenvolver suas idéias entorno do bem comum, o encontro voltado exclusivamente para os trabalhadores da Cagepa.

Confira no vídeo abaixo, um pouco do que pensa Óscar Oliveira, sobre o processo da privatização que se desenha no Brasil:

 

Outras notícias