Notícias

05.06.2018
Stiupb e CAGEPA assinam ACT com muitas conquistas para a categoria

 

Num encontro ocorrido na manhã desta terça-feira, 05, em João Pessoa, a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas na Paraíba (Stiupb), através do seu presidente, Wilton Maia Velez, assinou o Acordo Coletivo de Trabalho 2018/2020 da Cagepa, com significativas conquistas para trabalhadores e trabalhadoras da Companhia, mesmo num ano de incertezas e após decisões do Governo Federal em prejuízo para a classe trabalhadora, com foi a Reforma Trabalhista, e a aprovacao da lei das terceirização, além dos projetos de privatizações no Brasil afora.

Para Wilton Maia, foi um dos melhores Acordos fechados pelo Sindicato nos últimos anos, levando-se em consideração tudo que foi definido nas diversas cláusulas constantes do ACT e lembrando que as conquistas refletem o que foi levantado das propostas construídas nas assembleias que aconteceram em todas as cidades onde o Stiupb tem atuação, do Litoral ao Sertão da Paraíba.

O presidente do Stiupb destacou também o reconhecimento da diretoria da Cagepa, através do seu diretor Jorge Gurgel, ao trabalho do Sindicato em defesa dos interesses da categoria, em reuniões transparentes e com direito ao contraditório.

“A Cagepa abandona de vez a fama de empresa que por anos fechava o exercício fiscal com saldo negativo e em 2017 cruza uma fronteira, aquela em que mesmo enfrentando uma crise hídrica, a companhia terminou o ano com um lucro contábil de R$ 65,7 milhões. O superávit é resultado de muito trabalho. Cagepa Pública, patrimônio do povo paraibano”.

Diversas conquistas estão garantidas no Acordo, com reajuste de 100% do INPC, descongelamento das letras do Plano de Cargos, reajuste do ticket-alimentação em 12,73%, e o incremento da Cestas Natalina no valor de 50% do valor mensal depositado nos tickets ( cláusula nova); avanço no auxílio fundamental I e II, até 14 anos de idade; o fim do limitador no auxílio-transporte, uma conquista importante para a categoria, bem como o retorno da escala 12x48 para os operadores, pleito que há tempos era reivindicado e desejo pelos operadores, e menos 10% no plano de saúde, entre outras conquistas.

Além do presidente Wilton Maia, estavam presentes à assinatura do ACT os seguintes diretores: Guilherme Mateus, Henrique Diógenes e Johnson Ferreira.

 

 

CONFIRA ABAIXO, NA ÍNTEGRA O ACORDO FIRMADO COM A CAGEPA

ACORDO_COLETIVO_STIUPB_20182020.pdf

 

Outras notícias