Notícias

07.11.2018
Resistência: MP do Saneamento ainda continua fora da pauta de votação da Câmara

 

A luta dos urbanitários e das entidades que compõem a Frente Nacional pelo Saneamento Ambiental (FNSA) para que a MP 844/18 (MP da Sede e da Conta Alta) não seja colocada em votação nos Plenários da Câmara e do Senado continua firme em Brasília.

Nesta terça-feira (6/11), os representantes das entidades estiveram reunidos durante todo o dia com parlamentares expondo os motivos pelos quais a MP irá provocar a maior desestruturação já observada na história do saneamento básico brasileiro, provocando a desigualdade no acesso à água e ao saneamento básico.

Resultado de imagem para afonso florenceO deputado Afonso Florence (PT-BA) é um dos principais interlocutores das entidades na Câmara dos Deputados para tentar impedir que a MP 844 seja colocada na pauta de votação da Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (7/11).

Em reunião na tarde desta terça-feira com os representantes das entidades, o deputado, que na Comissão Mista já havia se posicionado com veemência contra a MP, reafirmou seu compromisso em defesa do saneamento público.

Além do deputado Florence, vários outros parlamentares da oposição se posicionaram contrários à proposta que privatiza o saneamento e também estão na articulação para que a MP não vá para votação em Plenário. Por outro lado, existe forte pressão das empresas privadas, inclusive de grandes internacionais para que a MP seja aprovada.

Nesta quarta, às 11 horas será realizada reunião de líderes na Câmara que deverá definir se a MP 844 entrará ou não na pauta da Casa.

O presidente da Federação Nacional dos Urbanitários – FNU, Pedro Blois, explica que o trabalho de articulação com parlamentares não pode ser trégua e que todos os urbanitários têm que continuar a fazer pressão, enviando mensagens e telefonando para seus deputados.

PRESSIONE OS PARLAMENTARES PARA VOTAREM NÃO À PRIVATIZAÇÃO DO SANEAMENTO

As entidades ABES, Asseame, AESBE, ABAR, ABM, FNU, FNP, FNSA criaram uma campanha para envio automático de mensagens aos parlamentares contra a aprovação da MP 844/18.

Veja como enviar sua mensagem:

Manifeste-se CONTRA A MP 844, enviando mensagens aos parlamentares (deputados estaduais e senadores) de seu Estado. Para fazer isto, é muito fácil: clique aqui e, quando a página abrir, basta preencher o formulário com seu e-mail e o Estado em que reside. Depois, é só clicar em ENVIAR.

Pronto! Seu manifesto contrário à MP seguirá para os parlamentares que representam seu estado.

 

 

 

Outras notícias