Notícias

30.11.2018
Stiupb apresenta as propostas da última rodada de negociação com a Energisa para a definição do ACT

Após algumas reuniões da Diretoria do Stiupb com sua  Assessoria Jurídica onde foi avaliado os resultados das mesas redonda ocorridas com a Energisa, o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas na Paraíba (Stiupb), torna público o resultado da última rodada de negociação com a Energisa para a definição do Acordo Coletivo 2018/2019.

O presidente do Stiupb, Wilton Maia Velez, informa que tem expectativa que a próxima reunião de negociação, que acontecerá na segunda-feira (03), às 9hs, seja a finalização da proposta do ACT e espera por uma pauta que se possa anunciar ao final de mais um ano, como resultado de  conquistas importantes para categoria eletricitária da Paraíba.

A  Energisa  havia proposta 3% para o reajuste salarial e das cláusulas enconômicas senso celebrado com efeito retroativo a 1º de novembro, o Stiupb reprovou e n última  reunião a Energisa  apresentou  proposta de reajuste salarial de R$ 4%  para todos os empregados , incidente sobre o salário de outubro deste ano.

Sendo mantido o benefício do Auxílio Alimentação, e o valor reajustado em 4% . O Sindicato propôs o valor de R$ 900,00.

NA PRÓXIMA REUNIÃO

No encontro da segunda-feira serão analisadas outras propostas, como a possibilidade do funcionário (a), folgar no dia do seu aniversário havendo a devida compensação do trabalho em outro dia a ser acertado entre trabalhador e sua gestão.

Essa conquista do Stiupb está praticamente certa, com validade a partir de janeiro, quando o funcionário (a), terá direito a diminuir 1 (uma) hora do seu almoço para sair mais cedo para estudar, cujos critérios serão apresentados posteriormente pela empresa, via Edital. A matrícula do interessado poderá ser em curso superior ou técnico.

O mais importante também é que está garantida a data-base da categoria, que é primeiro de novembro: "Teremos direito ao retroativo do salário, ticket-alimentação, além da  garantia do adiantamento da primeira parcela da PLR no texto do ACT", destacou Wilton Maia.

Segue abaixo a minuta da última rodada de negociação entre o Stiupb e a Energisa:

 

 

Outras notícias