Notícias

30.09.2019
Presidente do Stiupb alerta o prefeito de Campina Grande sobre os riscos da privatização do Saneamento Básico. Confira vídeo

Durante o Seminário sobre a o Projeto de de Lei que busca alterar o Marco Legal do Saneamento, dia 27 passado, na Assembleia Legislativa da Paraíba, O presidente do Sindicato dos Urbanitários da Paraíba, Wilton Maia Velez, mandou um recado ao prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, que está disposto a privatizar os serviços de água e saneamento naquele município e que irá prejudicar milhares de pessoas que dependem do subsídio cruzado.

“O prefeito Romero tem que entender que a Cagepa não pode ser vendida para atender interesses escusos. Temos que ter a coragem de dizer que sem Campina Grande nesse sistema, a Prefeitura estará dando um passo atrás no saneamento público em nosso Estado”, disse o presidente do Stiupb.

Cidades como Campina, João Pessoa, Patos, Guarabira e Cajazeiras, conforme o sindicalista, garantem o subsídio cruzado. “Sem esse programa, em beneficio das cidades menores, o serviço se torna inviável o sistema de abastecimento e de saneamento em nosso Estado. Isso é desumano e nós iremos resistir”.

“Os prefeitos deveriam estar aqui na Assembleia Legislativa debatendo o assunto, ao invés de estarem em mesas tomando vinho e fazendo negociatas e com interesses escusos para prejudicar milhares de pessoas que dependem do abastecimento  da água feito pela Cagepa, através do subsídio cruzado”, desabafou Wilton Maia, que foi bastante aplaudido na Assembleia por todos os presentes.

Na ocasião, Wilton destacou o trabalho da Federação Nacional dos Urbanitários- FNU que tem trabalho muito em Brasília, o que possibilitou a realização do seminário, conjuntamente com a Assembleia Legilativa. “Registrar a presença do Observatório Nacional pelo Direito a água e ao Saneamento -  Ondas, que surge não apenas para contrapor aos institutos existentes, mas também para apresentar a visão da classe trabalhadora, porque muitas das vezes, a fala dessa categoria não chega a esses espaços de poder, os operadores d da Cagepa  que estão operando o sistema de distribuição de água, ou mesmo aquele encanador que encontra-se tirando vazamentos, esses são invisível aos olhos da população e dos poderes constituídos. E isso dói na gente. Nós temos papel fundamental no saneamento e não podemos abrir mão em hipótese nenhuma de fazer esse debate”.

Na fala final da sua fala da tribuna da Assembleia Legislativa, o presidente do Stiupb discordou dos que defendem a parceria entre o público e o privado: “Não vou ficar em cima do muro. Eu tenho posição. Cabe a quem faz o privado dar as mãos com o público. Tem político bom e ruim. E tem empresa boa e ruim, e no caso da Cagepa, temos uma Companhia que nos orgulha muito e tem sido exemplo para o País em termos de rendimento de excelência no atendimento”.

O Seminário foi uma realização conjunta da Câmara dos Deputados, Assembleia Legislativa da Paraíba, Federação Nacional dos Urbanitários e Stiupb.

Confira abaixo na íntegra a fala de Wilton Maia:

https://www.youtube.com/watch?v=Anp8Ss5Ihx4

 

Outras notícias