Notícias

18.10.2019
Stiupb avança para celebrar Acordo de Trabalho com a Energisa após segunda rodada de negociação

Aconteceu na última quinta-feira, 17, a segunda rodada de negociação entre os diretores do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba (Stiupb) e a direção da Energisa para discutir as cláusulas do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2019/2021, da Energisa Paraíba e Borborema, além da Participação nos Lucros e Resultados - PLR.

Participaram da reunião o presidente do Stiupb, Wilton Maia Velez, Adriano Teixeira (vice), diretores do sindicato em Patos (Valdemar Figueiredo) e Roberto Nóbrega (Guarabira) e três representantes da direção da empresa: a gerente de Gestão de Pessoas da Energisa, a Sra. Adelene Dias Ribeiro, acompanhada por Flávia Cristina e Daniel Lacerda de Paula.

O assunto inicial da reunião, que aconteceu na Energisa Borborema, foi o prazo de duração do ACT no que concerne a sua manutenção temporal de 1( um ano): a proposta é que seja de dois anos, no caso de 2019 a 2021.

Também foi discutida sobre a questão do pagamento do ticket alimentação no que diz ao prazo; tanto na Energisa Paraíba, como na Energisa Borborema, houve consenso para se manter o modo de pagamento como da redação atual.

Outro ponto abordado foi a manutenção das cláusulas da pauta de reivindicação do sindicato, como também, sua redação, a exemplo das cláusulas:1, 2, 5, 6, 7, 9, 10, 17, 19, 21, 22, 23, 25, 27, 29, 30, 31, 32, 34, 35, 38, 39, 45,46, 47, 50 (consensualizadas).

PLANO ODONTOLÓGICO - Também foi posto pelo Stiupb a possibilidade de inserção da cláusula do plano odontológico no acordo coletivo, (seguindo solicitação dos funcionários da Energisa Borborema, conforme documento apresentado pelo presidente Wilton Maia no momento da reunião.

A proposta de cobertura de procedimentos estéticos pela empresa não foi aceita pelos diretores, tendo em vista os termos contratuais já firmados para a prestação do serviço, além do mais , foi demonstrado pela empresa conforme apresentação da cobertura de outros planos odontológicos, que procedimentos estéticos não são suportados.

A direção do Sindicato discutiu o melhoramento na prestação dos serviços efetuados pelo plano odontológico.

PLR - Discutiu-se ainda a manutenção da redação da cláusula do adiantamento da PLR neste acordo coletivo. Ressaltou-se ainda que o índice de reajuste do valor do adiantamento da PLR, pago no fim do ano, será discutido pelos representantes da empresa com a direção do Stiupb na próxima reunião a ser realizada dia 23/10/ 2019 às 9h30m, na sede da EBO.

No tocante a clausula 31 da pauta de reivindicação, no que diz respeito à flexibilização do horário de trabalho dos trabalhadores do administrativo e inserção do edital para o horário de liberação para o estudo dos colaboradores do operacional, será construída a redação da clausula e apresentada pela empresa na próxima reunião.

As mudanças das folgas para os eletricistas do setor comercial também foi outro tema do encontro e que serão tratadas com mais profundidade na próxima reunião.

OUTRAS QUESTÕES - O Sindicato na oportunidade apresentou pontos que entende importantes para análise da empresa, a exemplo do décimo terceiro dos tickets, aumento no valor do vale rota, ampliação de critérios nas distribuições das bolsas de estudo, diminuição do percentual pago pelo funcionário no plano de saúde no que se refere ao custeio de seu dependente, possibilidade de auxiliar no pagamento da renovação do conselho dos técnicos, possibilidade do pagamento de um auxílio de combustível a colaboradores que residam a mais de 10 km de seu local de trabalho, desde que não façam uso do ônibus da empresa, como em sua localidade não haja transporte municipal regular.

No que diz respeito às clausulas econômicas, estas ficarão para depois do INPC. Ficou convencionado o dia 23 de outubro de 2019 para mais uma rodada de negociações.

 

 

 

Outras notícias